A 25 de maio de 1967, no Estádio Nacional, o Celtic de Glasgow venceu a Taça dos Campeões Europeus, numa final diante os italianos do Inter Milão. 2-1 foi o resultado final que deu aos escoceses (e equipas britânicas) a primeira Taça dos Campeões Europeus.

Lisboa, e particularmente o Estádio Nacional, e o Jamor, são, por esse facto, locais de romaria para os “católicos de Glasgow. Ora, exatamente 50 anos depois de um dos dias mais importantes conquistas da vida do clube escocês fundado em 1888, o feito dos Lisbon Lions (Leões de Lisboa) foi recordado por cerca de mil adeptos que viajaram da Escócia e da Irlanda. De avião, bicicleta e de carro, todos os meios foram legítimos para marcar presença em Lisboa e no Estádio Nacional.

E a passagem dos adeptos por Lisboa e as recordações da vitória estão bem registadas nas redes sociais:

Acontecimentos de Manchester impedem desfile

Mas se a festa na rua aconteceu em Lisboa, o mesmo não se poderá dizer em Glasgow. O atentado na cidade de Manchester durante o concerto de Ariana Grande levou a que o clube tenha decidido cancelar o desfile inicialmente previsto nas ruas da cidade escocesa.

Mas o histórico feito não deixou de ser recordado. Tivesse sido no ecrã, com o documentário evocativo “Glasgow 1967; The Lisbon Lionsemitido na véspera pela BBC ou no último jogo da Liga escocesa, disputado a 21 de maio, diante o Hearts, perante 60 mil espectadores.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.