O avançado croata Nikola Kalinic deixou a seleção do país presente no Mundial da Rússia  devido a uma lesão nas costas, anunciou o técnico Zlatko Dalic. Esta foi a razão oficial invocada para o jogador abandonar o grupo de trabalho, apesar da imprensa do país noticiar uma irritação do treinador pela recusa do jogador em entrar em campo na estreia de sábado.

Segundo a imprensa croata, o avançado estava irritado com por estar no banco de suplentes e não quis entrar nos últimos minutos do jogo frente à Nigéria, o que motivou a decisão do técnico de o afastar do grupo.

Mas a versão oficial da equipa croata, anunciada em breve comunicado pelo selecionador Dalic, é que Kalinic sofreu lesão e que por isso vai regressar a seu país.

"Durante o jogo da Nigéria, Kalinic estava em aquecimento e deveria entrar no segundo tempo. No entanto, sentiu que não estava preparado devido a um problema nas costas", disse Dalic.

"Aconteceu a mesma coisa durante o jogo amigável contra o Brasil, assim como na sessão de treinos no domingo. Aceitei tranquilamente, já que preciso que meus jogadores estejam em forma e prontos para jogar, que devia tomar essa decisão", avaliou.

Kalinic marcou 15 golos em 42 jogos pela seleção. Na estreia do Campeonato do Mundo, ficou no banco para dar lugar a Andrej Kramaric e Mario Mandzukic.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.