"Realizámos uma exibição fantástica contra um adversário complicado. Preparámos muito este jogo e o objetivo era passar às meias-finais. Tivemos grandes momentos", referiu o treinador dos campeões ucranianos.

O conjunto ucraniano estreou-se na fase final jogada a uma mão em quatro cidades alemãs com uma vitória de 4-1, com golos de Júnior Moraes (02 minutos), Taison (22), Alan Patrick (75), de grande penalidade, e Dodô (88), tendo Ricky Van Wolfswinkel (90+2), ex-jogador do Sporting, reduzido para os suíços.

"Foi um encontro complicado, mas que dominámos em grande parte do tempo. Apenas para lembrarmos o quão difícil era o nosso adversário, o Basileia tinha conseguido oito vitórias e um empate nos últimos 10 encontros", referiu.

Para Luís Castro, o Shakhtar conseguiu "o mais importante", que era o apuramento para as meias-finais, nas quais o campeão da prova em 2008/09 vai encontrar o Inter de Milão.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.