O francês Adrian Mannarino, número 56 do ranking ATP e vice-campeão da Taça Davis no ano passado, é o cabeça de série da 3ª edição do Lisboa Belém Open, evento da categoria ATP Challenger Tour que se realiza nos courts do CIF – Clube Internacional de Foot-Ball, entre os dias 13 e 19 de maio.

Tommy Robredo, 37 anos, 223º da hierarquia mundial, vencedor em título e o mais velho entre os 48 tenistas em prova, é outro dos nomes em destaque a juntar ao "trintão" francês que entrou no torneio de Lisboa a convite do promotor e diretor do evento, Manuel Sousa.

O argentino Guido Andreozzi, nº92, 27 anos, é o segundo jogador do top-100 do ranking do ATP Tour a marcar presença nesta competição da segunda divisão internacional de ténis e que é, atualmente, o mais antigo torneio português no calendário do ATP Challenger Tour.

Com um total de prémios monetários no valor de 46.600 euros, organizado pela MP Ténis e Unisports, os courts de terra batida do CIF atraem "velhas raposas" do ténis mundial e tenistas de 16 nacionalidades.

À cabeça, o japonês Go Soeda, que com 372 vitórias e 210 derrotas é o terceiro jogador com mais encontros da história do ATP Challenge Tour e quinto tenista com mais títulos de Challengers (181), Viktor Troicki (nº237) último jogador a entrar diretamente no quadro principal, sendo que o sérvio de 33 anos chegou a ser 12º mundial ou o brasileiro de 31 anos, Thomaz Bellucci, que já ocupou o 22º posto, sendo agora o 226º.

A contrapor ao peso dos tenistas "trintões", sobressai um nome grande da Next Gen (próxima geração) que promete dar cartas. Alexei Popyrin, 17 anos, tenista australiano de origem russa, 111 do ranking mundial e nº 11 na "Race2Milan" — indicador que avalia os tenistas sub-21 do ranking ATP.

Manuel Sousa, pai de Pedro Sousa, na conferência de apresentação do torneio, frisou um pormenor: no ano passado Alex de Minaur e Felix Auger Aliassime estiveram no CIF e hoje, um ano depois, são "jogadores top-30 mundiais".

Pedro Sousa e João Domingues. As esperanças nacionais  

Pedro Sousa, nº 2 do ranking nacional, atual 105 da hierarquia mundial e sexto português a ultrapassar a barreira do 100 do ranking ATP (foi o mais velho jogador luso a conseguir esse feito), que está a recuperar de uma lesão, e João Domingues (185º), entram como dois dos 18 cabeças-de-série.

"Ainda não sei se vou jogar, em princípio sim. Estou a fazer os possíveis para estar presente, vou começar hoje a treinar, tudo indica, sem problemas. Espero estar pronto para jogar", referiu Pedro Sousa (na foto), tenista do CIF que recupera de uma lesão.

A presença portuguesa do Lisboa Belém Open, cuja meia-final e final serão transmitidas pela Sport Tv, é reforçada pelos convites a Gastão Elias (307), atleta do Sporting, Frederico Silva (334), Tiago Cação (658), ficando ainda por atribuir um wild card (convite) para o quadro principal e outro para a qualificação — que de acordo com o diretor do torneio serão atribuídos "até sexta-feira ou sábado", finalizou.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.