Se a equipa das quinas vencer, irá jogar o seu 12º torneio internacional consecutivo, o décimo de ‘CR7’, que também entraria no exclusivo clube dos jogadores que disputaram cinco Mundiais.

Após passar pela Turquia na semana passada, Portugal deve confirmar o favoritismo e selar a participação no Mundial do Qatar contra a ‘zebra’ Macedónia do Norte, número 67 no ranking da Fifa.

Todos os prognósticos apontavam para um atrativo confronto entre Portugal e Itália, os dois últimos campeões europeus, mas os italianos acabaram por cair em casa para os macedónios.

Como consequência, a Itália está fora do Mundial pela segunda vez consecutiva, uma catástrofe nunca vivida antes na história desta tradicional seleção.

Sem 'salto alto'

“Se pensarmos que, teoricamente os macedónios são mais fracos, vamos por um mau caminho, é o pior cenário possível. Temos que enfrentar a Macedónia do Norte como faríamos se fosse a Itália”, disse em entrevista o selecionador nacional, Fernando Santos.

O pequeno país balcânico nunca disputou um Mundial, mas progrediu muito nos últimos anos.

A Macedónia do Norte disputou seu primeiro grande torneio na Eurocopa em 2021 e já mostrou que pode surpreender a seleção de Cristiano Ronaldo.

Antes de eliminar a Itália, os macedónios venceram a Alemanha na fase de grupos (2 a 1), impondo a primeira derrota da seleção alemã nas eliminatórias europeias desde 2001.

A incrível vitória sobre os italianos lembrou que a equipe macedónia sabe ser sólida e aproveitar as raras oportunidades.

Desde que Goran Pandev  "pendurou as chuteiras", depois da Euro, o único jogador de renome da Macedónia do Norte é o jovem médio do Nápoles - Eljif Elmas.

“Pode ser um dos jogos mais duros e emocionantes para nós. Teremos 90 minutos para realizar um sonho não só nosso, mas de um país inteiro”, disse Elmas em entrevista no domingo.

'Vida ou morte'

Cristiano Ronaldo e seus companheiros estão cientes das façanhas da Macedónia do Norte e pregam respeito ao adversário, apesar de sua evidente superioridade.

“Para nós é um jogo de vida ou morte. Será um jogo extremamente difícil porque se os macedónios estão aqui é porque mereceram”, disse ‘CR7’ em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

Cristiano é o trunfo português para superar o rival nesta terça.

O astro é o maior goleador entre seleções (115 golos) e jogador com mais golos da história do futebol em jogos oficiais (807 golos).

Apesar de não ter marcado nas últimas três participações por Portugal, o atacante não se torna menos temível por isso.

Como já disse o treinador do Real Madrid, Carlo Ancelotti: “Só existe um jogador mais perigoso que Cristiano Ronaldo, é o Cristiano Ronaldo que não marcou no jogo anterior”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.