Com o português Bernardo Silva no banco e a entrar na partida apenas aos 87 minutos, o Manchester City adiantou-se no marcador aos 19 minutos, pelo belga Kevin De Bruyne, ampliando a vantagem por Sergio Agüero, na conversão de uma grande penalidade aos 50.

Aos 65, o francês Alexandre Lacazette ainda relançou o Arsenal na partida, mas Gabriel Jesus acabaria por confirmar a vitória da equipa da casa, aos 74.

O City fica assim com 31 pontos, mais oito do que o Manchester United de José Mourinho, segundo, que hoje visita o Chelsea.

Antes, em Londres, um golo do sul-coreano Heung-Min Son, aos 64 minutos, deu o triunfo ao Tottenham sobre o Crystal Palace, permitindo à equipa comandada por Mauricio Pochettino somar 23 pontos e manter-se colado ao Manchester United na luta pelo segundo lugar da Premier League.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.