Um dia após ter ouvido Mourinho dizer que não tem perfil para ser capitão dos ‘red devils’, o médio francês Paul Pogba foi titular, mas saiu sem glória aos 70 minutos, um antes do golo solitário do United, que tem apenas três triunfos na prova e pode ficar ainda hoje a 11 pontos do líder Liverpool.

O brasileiro Felipe Anderson inaugurou logo aos cinco minutos o marcador para os anfitriões, que aumentaram a vantagem aos 43, graças a um autogolo do sueco Victor Lindelof, ex-jogador do Benfica, mas o Manchester United pareceu reentrar na discussão do resultado quando Marcus Rashford reduziu, aos 71.

As melhores expectativas da equipa treinada por José Mourinho duraram apenas três minutos, o tempo que o austríaco Marko Arnautovic precisou para estabelecer o 3-1, aos 74, que permitiu ao West Ham dar um salto na classificação provisória, do 17.º lugar (primeiro acima da zona de despromoção) para o 12.º.

O Manchester United mantém-se, para já, na oitava posição, mas pode cair ainda mais até ao fim da ronda e, pior do que isso, deixar escapar os rivais na luta pelo título, em especial o Liverpool, líder 100% vitorioso, que vista o estádio do Chelsea, terceiro posicionado.

Os ‘red devils’ somaram o terceiro jogo consecutivo sem ganhar, o segundo no campeonato, apenas quatro dias depois de terem sido eliminados na Taça da Liga inglesa pelo Derby, do segundo escalão, treinado por Frank Lampard, ex-jogador de Mourinho quando era treinador do Chelsea.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.