Na nota emitida pela entidade organizadora da prova, que celebra este ano o seu 30.º aniversário, mais de 16.500 pessoas inscreveram-se, esgotando assim, “num tempo recorde”, todas as inscrições disponíveis para a distância de 21 quilómetros.

Foi igualmente batido o recorde de inscrições de participantes estrangeiros, com mais de 7.400 inscritos, “cerca de 20% acima da edição de 2019″.

De acordo com o Maratona Clube de Portugal, além de comemorar os 30 anos, a meia maratona de Lisboa vai ser igualmente a primeira prova do novo circuito internacional Superhalfs, criado em setembro de 2019 e que junta cinco das melhores meias maratonas do mundo: Lisboa, Cardiff, Copenhaga, Praga e Valência.

“Este feito, esgotar as inscrições em tempo recorde, é um sinal da vitalidade da meia maratona de Lisboa e de que o Maratona Clube de Portugal continua a desenvolver um trabalho sério a nível da promoção das suas provas em Portugal e no estrangeiro. Celebrar os 30 anos com este número de participantes é um estímulo e a realização de um sonho”, afirmou Carlos Moia, presidente do Maratona.

O dirigente mostrou-se ainda confiante no sucesso do novo circuito Superhalfs: “É também sinal de vitalidade e de credibilidade, a presença da meia maratona de Lisboa no novo circuito Superhalfs, sobre o qual temos as melhores expectativas para dinamização e promoção das cinco provas envolvidas e dos valores que estas promovem, nomeadamente, a sustentabilidade ambiental.”

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.