O piloto luso, que arrancara do quinto lugar da grelha — a melhor posição de sempre alcançada na categoria rainha —, perdeu duas posições no momento da partida e acabou envolvido pelo pelotão.

No incidente estiveram ainda envolvidos o sul-africano Brad Binder (KTM), que pareceu tocar na traseira da mota de Miguel Oliveira, e o britânico Bradley Smith (Aprilia).

O GP da Andaluzia de MotoGP é a segunda corrida da temporada de 2020, cujo início foi adiado e o calendário encurtado devido à pandemia de covid-19.

O francês Fabio Quartararo (Yamaha) venceu a prova. Quartararo, que partiu da ‘pole position', dominou a corrida espanhola do princípio ao fim, terminando com 4,495 segundos de vantagem sobre o espanhol Maverick Viñales (Yamaha) e 5,546 sobre o italiano Valentino Rossi (Yamaha), que não subia ao pódio desde o Grande Prémio das Américas de 2019.

Com este resultado no circuito de Jerez de la Frontera, Quartararo alargou para seis pontos a vantagem na liderança do Campeonato do Mundo de MotoGP, graças a duas vitórias em duas corridas disputadas.

(Artigo atualizado às 13:55)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.