Com Gil Dias e Gelson Martins no ‘onze’, a grande figura do Mónaco acabou por ser o russo Aleksandr Golovin, que bisou, aos 29 e 74 minutos, com Wissam Ben Yedder (80) a fazer o terceiro golo dos monegascos e Patrick Burner (54) a marcar para o Nice.

O primeiro triunfo na prova permitiu ao Mónaco subir ao 17.º lugar, com seis pontos, e deixar provisoriamente a zona de despromoção, enquanto o Nice caiu para quarto, com 12 pontos, os mesmos do Marselha, que subiu a terceiro, e três do líder Paris Saint-Germain, que tem menos um jogo.

Apesar de ter entrado no pódio, a equipa de André Villas Boas somou o segundo empate consecutivo, ao ceder um nulo em casa do Dijon, último classificado e única equipa ainda sem triunfos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.