"Os meus jogadores, quando vão para as respetivas seleções, pertencem às seleções. O que acontece lá, bom ou mau, a mim não me diz respeito e por isso não comento. O que acontece na seleção, fica na seleção", disse o técnico português, em conferência de imprensa.

"Às vezes os jogadores voltam mais fortes, às vezes tocados, outros frustrados. A seleção é outra história e, por enquanto, esta história acabou", insistiu Mourinho.

"Ele está treinar com o resto do grupo e quer jogar, como todos. Está pronto", completou Mourinho em relação a Rooney, em vésperas de embate com o Arsenal.

Rooney esteve em campo, na passada sexta-feira, dia 11, na vitória de Inglaterra por 3-0 sobre a Escócia, num jogo a contar para o apuramento do Campeonato do Mundo a ser disputado na Rússia em 2018. Durante a partida, acabou por contrair uma lesão no joelho, que o impediu de alinhar pelo conjunto inglês, esta terça-feira, dia 15, contra a Espanha (terminou 2-2).

Entre os dois jogos, o jogador do Manchester United foi visto na boda de um casamento realizado no hotel onde estava instalada a seleção inglesa, segundo fotos e testemunhos publicados pelo jornal inglês, The Sun.

Na quarta-feira, segundo um comunicado do assessor de imprensa do jogador, Rooney admite que o seu comportamento e consequentes imagens, ainda que se tivessem ocorrido "num dia de folga para a equipa e restante comissão técnica", são inadequados para alguém da sua posição.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.