Em Moscovo, um golo de Mandzukic, na segunda parte do prolongamento, permitiu à Croácia vencer a Inglaterra por 2-1 e apurar-se para o jogo decisivo do Mundial2018, agendado para domingo, no Estádio Luzhniki.

A equipa inglesa até começou melhor e adiantou-se no marcador logo aos cinco minutos, através de um exemplar livre direto de Kieran Trippier, mas os croatas reagiram e empataram já no decorrer da segunda parte, por intermédio de Ivan Perisic, aos 68.

O golo que ditou a primeira final de um campeonato do mundo aos croatas surgiu já em tempo de prolongamento, aos 109 minutos, através Mario Mandzukic, companheiro de equipa de Cristiano Ronaldo na Juventus.

No domingo, os croatas vão poder ‘vingar’ o tal jogo de 1998, em Paris, que os franceses venceram por 2-1, naquela que era até hoje a melhor campanha de sempre desse país num Mundial.

No Stade de France, a Croácia ainda sonhou com a final, que seria frente ao Brasil, quando Davor Suker marcou, aos 46 minutos, mas Lillian Thuram, aos 47 e 69, deu a vitória aos gauleses, que viriam a conquistar o troféu.

Para estar na terceira final da sua história, a França venceu na terça-feira a Bélgica, por 1-0, com um golo do central Samuel Umtiti, aos 51 minutos, em São Petersburgo.


Última atualização às 22:05

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.