De acordo com a agência de inteligência israelita (Mossad) existe a possibilidade credível de um ataque no jogo agendado para 12 de novembro, o que levou a Albânia a deter quatro suspeitos e a transferir o local de jogo para Elbasan.

Na terça-feira a Federação Albanesa de Futebol anunciou que o Albânia-Israel era transferido do Estádio Loro Borici, em Shkroda, para a Elbasan Arena, a 50 quilómetros da capital Tirana, por “razões de segurança”.

“Nos últimos dias responsáveis dos Balcãs prenderam indivíduos ligados aos ISIS [autoproclamado Estado Islâmico], que planeavam ataques terroristas contra alvos concretos nos Balcãs, incluindo o jogo internacional entre Albânia e Israel”, alertou a unidade antiterrorista israelita.

O mesmo organismo entende que, apesar das detenções, existe uma ameaça significativa de ataques na região e, assim, recomenda aos israelitas que “não se desloquem ao jogo da seleção nacional a 12 de novembro”.

Também o ministério dos Desportos e Cultura de Israel assinala em comunicado que a “a ministra [Miri Regev] está a acompanhar de perto a questão de segurança, considerando que a situação com os jogadores e outros membros da delegação é uma prioridade”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.