A noite de ontem prometia um confronto de titãs na NBA, principal campeonato de basquetebol do mundo. De um lado, os San Antonio Spurs, uma das mais dominantes equipas do basquetebol americano dos últimos anos, liderados por Gregg Popovich no banco e Kawhi Leonard em campo; do outro Cleveland Cavaliers, campeões em título, com um trio de luxo a comandar as operações: LeBron James, Kyrie Irving e Kevin Love.

Contudo, a realidade foi tudo menos um jogo equilibrado. Os Cavs acabaram derrotados por 29 pontos, incapazes de fazer frente a uns San Antonio Spurs que contaram com um Kawhi Leonard (mais uma vez) inspirado: 26 pontos, 6 ressaltos e 6 assistências, num jogo que colocou Leonard ao lado de George Gervin e David Robinson, lendas dos Spurs, como os três únicos jogadores a anotarem mais de 10 pontos durante 100 jogos seguidos, com a camisola do clube de San Antonio.

Foi uma pesada derrota para os Cavaliers que feriu, não só o seu orgulho, mas também a sua classificação: com este resultado, os campeões em título viram-se ultrapassados pelos Boston Celtics na liderança da Conferência Este.

Uma das principais explicações para a derrota dos Cavs parece ter sido o rendimento menos bom de duas das suas principais estrelas. Enquanto que LeBron James conseguiu marcar 17 pontos, distribuir 8 assistências e capturar 8 ressaltos, Kevin Love anotou apenas 9 pontos (marcando apenas 4 dos 12 lançamentos tentados) e Kyrie Irving ficou-se pelos 8 pontos (tendo tentado 13 lançamentos e marcado apenas 4).

Sendo unanimemente considerado um dos melhores bases da Liga, Kyrie Irving é uma peça fundamental da equipa do Estado de Ohio, ele que é conhecido pelo seu clutch, expressão utilizada para definir a capacidade de decidir bem em momentos decisivos. Pois bem, depois da derrota dura frente aos San Spurs, Kyrie tomou uma decisão que muitos adeptos dos Cavs poderão considerar clutch... mas fora de campo.

Depois do jogo, o companheiro de LeBron James em Cleveland ficou a treinar o seu lançamento no pavilhão, já depois de todos terem recolhido aos balneários. Uma situação invulgar, mas que pode ser explicada por duas razões: a baixa percentagem de lançamento de Irving no jogo terminado minutos antes e a sua capacidade de decidir bem, dentro e fora do campo (exceptuando, talvez, quando afirma a sua convicção de que a terra é plana).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.