O técnico dos ‘fogaceiros’ admite que se trata de “uma final” e revela que os seus jogadores estão determinados em chegar à vitória, perante um adversário com “qualidade individual e coletiva”.

“Alguém vai ficar pelo caminho, mas é sempre bom jogar finais em casa, diante dos nossos adeptos. Vamos com uma enorme vontade de ganhar o jogo e de chegar às meias-finais, onde o Feirense apenas chegou por uma vez na sua história”, disse Nuno Manta Santos.

O Feirense apenas chegou às meias-finais em 1990/91, sendo eliminado pelo FC Porto num jogo de desempate: perdeu por 2-0 nas Antas, depois de ter empatado 1-1 em casa, após prolongamento. Os ‘dragões’ bateriam o Beira-Mar na final (3-1), no tempo extra.

“O Sporting, por todo o seu historial e valor, pode ser considerado favorito, mas todas as equipas têm jogos menos bons. Queremos ter uma grande noite. Sabemos que temos de ser perfeccionistas, pois ao mínimo erro a qualidade do Sporting pode resultar em perigo para a nossa baliza”, advertiu o técnico.

Nuno Manta Santos recorda que a Taça de Portugal é uma competição em que podem acontecer surpresas e conta com o apoio dos adeptos para alcançar o triunfo.

“A Taça de Portugal é uma competição bastante diferente do campeonato. Nem sempre ganha o mais forte, nem sempre ganha aquele que está a atravessar o melhor momento. A Taça tem uma magia única. Acredito que vai estar um bom ambiente no estádio e que os nossos adeptos nos empurrem para um grande resultado”, admitiu.

O Feirense recebe o Sporting na quarta-feira, pelas 20:45, em jogo dos quartos de final da Taça de Portugal, marcado para o Estádio Marcolino Castro, em Santa Maria da Feira.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.