“Como sempre, esta medalha é de todos os portugueses, a quem aproveito para agradecer os milhares de mensagens de apoio incondicional, antes mesmo de saber o meu resultado e também aqueles que após o resultado me homenagearam. Obrigado por voarem comigo”, escreveu o saltador do Sporting, nas suas redes sociais.

Nelson Évora, campeão europeu em 2015 e 2017, conquistou a medalha de prata, em Glasgow, na Escócia, com um salto de 17,11 metros, sendo apenas batido pelo azeri Nazim Babayev, com 17,29.

“Estou feliz com a medalha de prata. Não estou satisfeito pela forma como saltei, mas acredito que para fazer coisas diferentes temos que experimentar coisas diferentes. Só assim se atinge aquilo que para muitos é impossível”, prosseguiu Nelson Évora, estendendo os agradecimentos ao seu treinador, Ivan Pedroso, e aos companheiros de treino Tamgho Teddy, Ana Peleteiro e Rouguy Diallo, bem como à irmã Dorothé Évora.

O campeão olímpico em 2008 ficou a uma medalha de Fernanda Ribeiro, a atleta portuguesa com mais pódios em grandes competições. Ambos somam cinco medalhas de ouro, tendo a fundista arrecadado quatro de prata e três de bronze, enquanto o saltador conta duas de prata e quatro de bronze. Évora destacou-se de Rui Silva e Naide Gomes, que contabilizam 10 cada.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.