Os golos de Gabriel Silva, aos quatro minutos, e Giovani Henrique, aos 30, deram aos visitantes uma vantagem razoável, mas Alan Empereur reduziu para o Cuiabá pouco depois, aos 37, e o Palmeiras, com uma equipa secundária e sob a orientação do adjunto João Martins, apenas descansou com o tento marcado aos 90+1 por Gabriel Veron, que acabou por ser expulso.

O triunfo permitiu ao Palmeiras, que no sábado conquistou pela segunda vez consecutiva a Taça Libertadores sob o comando de Abel Ferreira, ao vencer o Flamengo por 2-1, após prolongamento, consolidar o terceiro lugar no ‘Brasileirão’, liderado de forma destacada pelo Atlético Mineiro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.