Cristiano Ronaldo foi o 'The Best' para a FIFA e venceu a Bola de Ouro da France Football, mas não conseguiu convencer o jornal inglês que reuniu a opinião de 169 jornalistas de 63 países diferentes que se juntaram para compilar os 100 melhores futebolistas de 2017.

Para o Guardian o melhor do mundo em 2017 foi Lionel Messi, o rival da década de CR7. O jornal realça o papel do argentino na seleção, relembrando as palavras do selecionador Jorge Sampaoli - "Messi não deve um Campeonato do Mundo à Argentina, o futebol deve um título de Campeão do Mundo a Messi. Ele é o melhor jogador da história".

O número 10 do Barcelona e capitão da Argentina teve um papel determinante na qualificação da albiceleste para o Mundial de 2018, que se vai realizar na Rússia, quando a formação sul americana mostrava um momento frágil e que não estava longe da possibilidade de ficar afastada da maior competição do futebol mundial.

No FC Barcelona a época esteve longe de ser memorável, apenas uma Taça do Rei parece ser pouco para os padrões que a formação catalã no habitou, mas esse não foi fator inibidor para que o argentino se sagrasse o melhor marcador do campeonato espanhol, com 37 golos, e vencesse a Bota de Ouro, a quarta da sua carreira - igualando Ronaldo.

Se o final da época 2016/17 não foi memorável ou recheado com títulos, o início desta nova temporada parece ser promissor. O FC Barcelona é líder isolado da La Liga e vai fazendo uma caminhada tranquila pela Liga dos Campeões e Taça do Rei. Messi continua a ser o protagonista.

A votação ente o português e o argentino foi renhida, escreve Simon Burnton, sub-editor de desporto do jornal, mas Messi acabou mesmo por levar a melhor.

Dois nomes portugueses e muitas caras conhecidas

Para além de Cristiano Ronaldo, Bernardo Silva, na 84ª posição, é o único português que integra a lista do The Guardian. O médio de 23 anos estreia-se no top do jornal britânico na época em que se mudou para o Manchester City, após uma época memorável no Mónaco em que venceu o campeonato e chegou às meias-finais da Liga dos Campeões.

Na lista há também vários nomes conhecidos do campeonato português como Casemiro (28º), Oblak (35º), Falcao (41º), Diego Costa (68º), Matic (74º), David Luiz (83º), Alex Sandro (90º), Fabinho (91º) e Di María (100º).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.