“Ficamos honrados que Paul (Pierce) tenha escolhido retirar-se como um Celtic. Ele está entre os melhores dos Celtics e é um campeão dentro e fora do campo”, afirmou o dirigente dos Celtics Wyc Grousbeck, certo de que Paul Pierce estará no All of Fame e terá, brevemente, a sua camisola no teto do TD Garden.

Por seu lado, Paul Pierce, que em 2007/08 conduziu os Celtics ao título, sendo eleito o ‘Jogador Mais Valioso’ (MVP) da final, mostrou-se radiante com o regresso: “É uma honra ter a oportunidade de voltar a ser chamado de jogador dos Celtics”.

“Esta organização e esta cidade acolheram-me e fizeram de mim um dos seus. Não posso imaginar um final de carreira que não fosse este. Sou um Celtic para a vida”, prosseguiu Paul Pierce.

Escolhidos pelo conjunto de Boston na 10.ª posição do ‘draft’ de 1998, Pierce alinhou nos Celtics de 1998/99 a 2012/13, falhando por uma temporada o recorde (16 épocas) de John Havlicek.

Em 1.102 jogos pelos Celtics, Paul Pierce, que ganhou a alcunha de ‘The Truth’ (a verdade), conseguiu as médias de 21,8 pontos 6,0 ressaltos, 3,9 assistências e 1,44 roubos de bola, em 36,6 minutos por encontro.

Depois de sair dos Boston Celtics, o ‘34’ dos Celtics alinhou nos Brooklyn Nets (2013/14), nos Washington Wizards (2014/15) e nos Los Angeles Clippers, nas duas últimas temporadas, sendo que pouco foi utilizado em 2016/17.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.