“Sabemos que estamos em todas as competições com condições para vencer, com jogadores que têm mostrado união e vontade de vencer. A estabilidade agora é maior e estamos em todas as frentes com mérito”, sublinhou José Peseiro, em conferência de imprensa.

Na antevisão à receção ao Boavista, no domingo, a contar para a oitava jornada da I Liga, o técnico alertou para a “responsabilidade de vencer” o atual 12.º classificado da competição, um jogo que poderá ficar marcado pelo regresso de Bas Dost.

Peseiro deixou em aberto a possibilidade de convocar o avançado holandês, ressalvando que a lista apenas será feita no domingo.

Dirigindo-se de seguida aos adeptos ‘leoninos’, José Peseiro pediu alguma tolerância e que continuem a apoiar os seus jogadores.

“Quem está no Sporting tem de sentir a exigência e ver o poder que tem no futebol português e internacional. Se estamos aqui é porque conseguimos corresponder e só temos pedido alguma tolerância, que têm tido. [No jogo com o Arsenal] sentimos o apoio durante os 90 minutos, mesmo que tenha havido algum desconforto no final”, declarou.

Abordando depois o desafio com a equipa de Jorge Simão, o treinador dos ‘leões’ deixou palavras elogiosas, porém frisou que os seus atletas têm de mostrar dentro de campo que merecem os três pontos.

“É uma equipa de processos simples, que tem qualidade, não começaram bem, mas estão melhor agora. Temos de demonstrar amanhã [domingo] em campo que temos qualidade e cumprir em termos de tarefas coletivas”, argumentou.

No domingo, o Sporting, quinto classificado, 13 pontos, recebe o Boavista, 12.º, com sete, em encontro da oitava jornada do campeonato.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.