Pérez, que foi o primeiro piloto de Fórmula 1 a testar positivo ao novo coronavírus, terminou o período de quarentena de 10 dias definido pelo Public Health England na quinta-feira.

Contudo, o teste a que se submeteu voltou a dar positivo e, assim, Pérez será novamente substituído pelo alemão Nico Hulkenberg, tal como aconteceu no fim de semana passado.

Segundo a Racing Point, o piloto mexicano “está bem fisicamente e em recuperação”.

Já Hulkenberg, que não conseguiu alinhar na corrida de domingo devido a um problema no motor do seu monolugar, mostra-se “entusiasmado” pela “nova oportunidade”.

“Correr na mesma pista novamente torna as coisas um pouco mais fáceis. Creio que poderemos lutar pelos pontos”, destacou.

O GP 70.º Aniversário será a quinta prova da renovada temporada do Mundial de Fórmula 1.

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) é o líder do campeonato, com três vitórias em quatro corridas disputadas.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.