O dirigente falou aos jornalistas à entrada para o Tribunal de Justiça do Porto, onde está a ser ouvido por videoconferência, como testemunha no julgamento da invasão à academia do Sporting, em Alcochete.

“O Iker Casillas, antes de anunciar a candidatura, veio ao Porto almoçar comigo e comunicar a sua decisão de terminar a carreira”, disse o presidente do FC Porto.

Pinto da Costa comentou a decisão do guarda-redes internacional espanhol, revelando que ficou “muito contente e comovido” com a atitude de Casillas.

“Foi impressionante durante toda a sua carreira, esteve apenas em dois clubes – o FC Porto e o Real Madrid -, e como homem está em atividade plena. Fará falta como pessoa, pois ainda antes do jogo em Guimarães, enviou-nos uma mensagem em vídeo, que ele mesmo filmou e que foi partilhada no nosso balneário, antes do jogo”, revelou.

Casillas anunciou na segunda-feira que será candidato às próximas eleições na Real Federação Espanhola de Futebol, não revelando, no entanto, o seu futuro imediato enquanto jogador. Desde 01 de maio de 2019, altura em que sofreu um enfarte, que o atleta não voltou a jogar.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.