O ex-avançado do Sporting, contratado ao Olympiacos em janeiro, foi um dos quatro jogadores lusos lançados por Nuno Espírito Santo no ‘onze', juntamente com Rui Patrício, Rúben Neves e João Moutinho, tendo inaugurado o marcador aos 41 minutos.

No segundo tempo, o espanhol Jonny Castro ‘selou' a vitória do Wolverhampton, aos 68 minutos, pouco antes de Diogo Jota e Pedro Neto serem lançados no jogo pelo técnico português.

Os ‘wolves' responderam, assim, à vitória do Tottenham, de José Moutinho, na véspera, e reassumiram o sexto lugar, com 59 pontos, mais um do que os ‘spurs', a uma jornada do final da Premier League.

Já o Everton, com o internacional português André Gomes no ‘onze', acabou com o ‘sonho' europeu do Sheffield United, ao vencer por 1-0 no terreno dos ‘blades', com um golo do brasileiro Richarlison, aos 46 minutos.

Face às vitórias do Wolverhampton e do Tottenham nesta jornada, o Sheffield, com 54 pontos, já não pode almejar mais do que o oitavo lugar, vendo, assim, esfumar-se uma possível presença na Liga Europa da próxima temporada.

No outro jogo do dia, o Brighton (15.º classificado) reforçou o estatuto de ‘rei dos empates' (14) - juntamente com Arsenal e Wolverhampton - e não saiu de um ‘nulo' (0-0) na receção ao ‘tranquilo' Newcastle (13.º).

Com este resultado, os ‘seagulls' asseguraram matematicamente a manutenção, somando 38 pontos, mais sete do que o Aston Villa, 18.º e antepenúltimo colocado, que tem um jogo a menos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.