Portugal ocupa o 5.º lugar no ranking da FIFA, subindo dois lugares desde a última atualização feita pelo organismo máximo do futebol mundial, a 9 de abril.

Depois de seis meses de interrupção das competições e dos jogos internacionais devido à pandemia da Covid-19, os 55 jogos realizados, em setembro, entre seleções europeias — únicos países a voltarem à competição —, à margem do amigável Uzbequistão-Cazaquistão (vitória dos uzbeques por 2-1), produziu efeito imediato no ranking hoje publicado e que continua a ser liderado pela Bélgica (1773 pontos).

A equipa liderada por Fernando Santos, após as vitórias frente à Suécia (0-2) e à Croácia (4-1), escalou dois lugares e soma 1.653 pontos, atrás da Inglaterra (4.º), Brasil (3.º) e França (2.º). Portugal ocupa, agora, o lugar do Uruguai (6.º).

Sem se registar alterações no top 10, ao nível das entradas e saídas de seleções, Espanha (7.º), Itália (12.º), Holanda (13.º) e Alemanha (14.º) subiram um lugar na classificação.

A Rússia, foi protagonista do maior salto (trepou seis lugares), ocupando o 32.º posto, em resultado da dupla vitória diante a Sérvia e a Hungria. O Irão entra para trigésimo, a Estónia (108.º) e Eslováquia (36.º) protagonizaram as maiores quedas na tabela e a seleção do Chipre (98.º, com 1.236 pontos) foi a que perdeu mais pontos, 15, no total. A República de São Marino ocupa o último lugar da tabela (220.º).

A FIFA atualizará o ranking no próximo dia 22 de outubro.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.