Com uma atuação de bom nível e uma superioridade clara sobre os polacos, a equipa comandada pelo treinador Martim Aguiar até entrou a perder no encontro.

Perante cerca de cinco mil adeptos, Wojciech Piotrowicz converteu um pontapé de penalidade logo aos oito minutos, mas a desvantagem inicial não afetou os ‘lobos'.

De facto, Portugal arrancou de imediato para a sua melhor fase no jogo, assinando três ensaios no espaço de dez minutos. Primeiro, foi Nuno Sousa Guedes, aos 14, depois, seguiu-se Manuel Eusébio, aos 17, por fim, Tomás Appleton completou aos 24 o terceiro ensaio luso, aos quais se somaram outras tantas conversões por Nuno Sousa Guedes, colocando o resultado em 21-3.

A partir dos 30 minutos, a seleção portuguesa começou a facilitar e cometer vários erros, dando azo à reação do adversário.

Ato contínuo, a Polónia conseguiu aplicar o seu jogo mais físico e robusto, alcançando um ensaio através de Toma Mchledlidze (35), ao qual Piotrowicz acrescentou ainda a conversão. O intervalo chegou pouco depois, com o marcador a assinalar 21-10.

Após a pausa para descanso, os ‘lobos' subiram um pouco de produção, começaram a refrescar o ‘quinze' e puderam, pelo menos, impedir a aproximação da Polónia. Foi preciso esperar pelos últimos quinze minutos para Portugal voltar a pontuar, graças aos ensaios de Francisco Domingues e Vasco Fragoso Mendes e às conversões de Nuno Sousa Guedes.

A Polónia já quebrara então fisicamente e não conseguia conter as boas iniciativas da seleção portuguesa, que assim alcançou o ponto de bónus ofensivo e o segundo triunfo consecutivo no Rugby Europe Trophy, depois da vitória na estreia frente à Suíça (28-10).

O próximo jogo de Portugal será frente à Holanda, no dia 4 de março.

Jogo disputado no Campo de Honra do Estádio Nacional, no Jamor, em Oeiras.

Portugal-Polónia: 35-10.

Ao intervalo: 21-10

Sob arbitragem de Sam Grove White, as equipas alinharam e marcaram:

Portugal: Bruno Medeiros, Duarte Diniz, Francisco Bruno, Gonçalo Uva, José Fino, Manuel Eusébio, Sebastião Villax, Vasco Fragoso Mendes, Francisco Pinto Magalhães, Nuno Penha Costa, Adérito Esteves, José Lima, Tomás Appleton, Pedro Silvério, Nuno Sousa Guedes, Francisco Domingues, João Lino, Miguel Macedo, Vasco Ribeiro, Pedro Leal, João Corte-Real, Rui D'Orey, João Leal da Costa.

Ensaios (5): Nuno Sousa Guedes (14 minutos), Manuel Eusébio (17), Tomás Appleton (24), Francisco Domingues (64) e Vasco Fragoso Mendes (80+2).

Penalidades (0): Nada a assinalar.

Conversões (5): Nuno Sousa Guedes (14, 17, 24, 64 e 80+2).

Treinador: Martim Aguiar.

Polónia: Marcin Wilczuk, Kamil Bobryk, Toma Mchedlidze, Piotr Karpinski, Stanislaw Powala-Niedzwieck, Mateusz Bartoszek, Aleksander Nowicki, Piotr Zeszutek, Dawid Plichta, Wojciech Piotrowicz, Radoslaw Rakowski, Daniel Gdula, Patryk Reksulak, Szymon Sirocki, Mateusz Lament, Marek Plonka, Andrzej Charlat, Radoslaw Bysewski, Lukasz Kujawa, Sebastian Kacprzak, Adrian Ignaczak.

Ensaios (1): Toma Mchledlidze (35).

Penalidades (1): Wojciech Piotrowicz (8).

Conversões: (1): Wojciech Piotrowicz (35).

Treinador: Blikkies Groenewald.

Ação disciplinar: Nada a assinalar.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.