Já lá vão sete jogos em casa, sendo que os últimos seis acabaram em derrota para o Liverpool. Uma série de resultados desastrosa que justificam a péssima prestação dos Reds esta temporada mas que nos transportam também para o campo das curiosidades estatísticas, recordes e o que estará em jogo até ao final da temporada. De lembrar que a defesa de título do Liverpool tem sido uma das piores da história da Premier League, como analisámos em fevereiro.

Remates sem golos

Tirando golos de penálti, já lá vão 115 remates sem um único golo. Por si só este dado é desastroso, tendo em conta se tratar do Liverpool, mas torna-se ainda pior, quando descobrimos ser um recorde. Desde 1996, o ano em que a Opta — líder em recolha e análise de dados desportivos — começou a analisar os jogos, que nenhuma equipa na Premier League realizava tantos remates sem conseguir marcar um golo. Uma estatística devastadora que coloca em perspetiva a volta de 180º a que a equipa de Klopp foi sujeita com o começo do novo ano civil. 

Em comparação com a europa

Das cinco maiores ligas europeias — inglesa, alemã, francesa, italiana e espanhola — compostas por 98 clubes, o Liverpool está isolado no fundo de uma outra estatística. A 14 de março de 2021, com o golo de Pape Moussa Konate, avançado do clube francês Dijon FCO, o Liverpool passou a ser a única equipa das 98 a não marcar de bola corrida em casa no ano de 2021 até ao momento. O único tento apontado pelo Liverpool em casa em 2021 foi frente ao Manchester City, da marca de grande penalidade.

A pior marca na história do Liverpool

Seis derrotas consecutiva em casa, para um clube como o Liverpool, teria que, por si só, ser um recorde. E são mesmo. Seis derrotas seguidas em casa são a pior marca dos Reds e é também a pior marca de derrotas em casa (não seguidas) em quase 70 anos de história. Acontece, no entanto, que a época ainda não acabou e o Liverpool ainda terá que completar quatro jogos caseiros até ao término da Premier League. No caso de perder mais um jogo, igualará o recorde interno com 7 derrotas caseiras numa época e teremos que recuar até 1937/38 para encontrarmos registo idêntico.

A batalha a travar contra o Aston Villa

Em caso de derrota frente ao Aston Villa, o Liverpool não só iguala a sua pior marca de jogos em casa numa época, como iguala a pior marca da liga no que toca a derrotas caseiras consecutivas. Um recorde recente, estabelecido pelo Huddersfield antes de ser relegado para a Championship, há apenas dois anos. Os Terriers, como são conhecidos, estabeleceram o recorde perdendo sete jogos seguidos em casa, acumulando apenas 16 pontos ao longo de toda a época. Para o Liverpool este sábado estarão muito mais que três pontos em jogo frente ao Aston Villa.

De forma a evitar igualar um dos piores recordes da Premier League, o Liverpool terá que, a todo o custo, evitar perder frente ao Aston Villa.

Lembrar que os fantasmas frente ao Aston Villa este fim de semana são não só relacionados com as possíveis implicações de uma derrota mas também com o resultado da primeira volta. O embate acabou com um 7-1 histórico a favor dos Leões (alcunha pela qual é conhecida o Aston Villa). Além dos recordes em causa estará em jogo a honra da equipa de Klopp que terá a obrigação de levar de vencida a equipa de Dean Smith.

No fundo do futebol inglês

Por fim, a mais impressionante das estatísticas: os pontos contabilizados em casa no ano civil de 2021. Como já tivemos a oportunidade de perceber, um empate com o Manchester United deu ao Liverpool o único ponto nos últimos sete jogos em casa. Sendo assim, onde podemos inserir a série de resultados e os pontos resultantes da mesma, na lista de todos os clubes profissionais ingleses? Sim, de todos os clubes profissionais a atuar em Inglaterra.

Premier League | 31.ª Jornada

Sexta-feira, 9 de abril

20:00 | Fulham v Wolves

Sábado, 10 de abril

12:30 | Man City v Leeds Utd

15:00 | Liverpool v Aston Villa

17:30 | Crystal Palace v Chelsea

Domingo, 11 de abril

12:00 | Burnley v Newcastle

14:05 | West Ham v Leicester

16:30 | Tottenham v Man Utd

19:30 | Sheffield Utd v Arsenal

Segunda-feira, 5 de abril

18:00 | WBA v Southampton

20:15 | Brighton v Everton

Com apenas um ponto conquistado em casa o Liverpool é, em 2021, o último (!) classificado inglês, tendo em conta os 92 clubes profissionais "por terras de Sua Majestade". Nonagésimo segundo classificado na tabela de jogos em casa nos últimos quatro meses. No mínimo, impressionante.

Há mais dois clubes sem vitórias a fazer companhia aos Reds, o Rochdale A.F.C. e o Walsall F.C. Contudo, ambos já amealharam cinco e três pontos, respetivamente, deixando para trás os ainda campeões em título da Premier League, isolados no fundo de uma tabela com 91 clubes à sua frente.

Tendo atuado com dezanove duplas de centrais diferentes até ao momento esta temporada, o Liverpool tem como objetivo salvar o que for possível salvar até ao final da época. E pelo menos terá que minimizar estragos e tentar a todo o custo estabilizar a equipa de forma começar a época seguinte da melhor forma possível. O início da defesa da honra dos Reds começa este sábado e irá prolongar-se até dia 23 de maio, data na qual joga o seu último jogo em casa — e igualmente último jogo a contar para a Premier League 2020/21.

Esta semana na Premier League

Além do antecipado embate entre Liverpool e Villa, temos sempre o emocionante Tottenham vs Man Utd. Jogo que, à semelhança do Aston Villa vs Liverpool da primeira volta, teve um resultado impressionante, uma surpreendente goleada do Tottenham por seis bolas a uma, o resultado de mais um regresso de Mourinho a Old Trafford. Agora, em casa do clube londrino e noutra fase da época, quem levará a melhor entre dois dos seis grandes clubes ingleses? 

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.