Quem acompanha a Premier League há algum tempo, recordar-se-á do épico final de campeonato de 2011/12. Na altura, Sergio Agüero resgatava o título para os citizens nos últimos segundos da partida frente ao Queens Park Rangers.

Foi um final de campeonato épico, mas uma classificação final histórica. Com 28 vitórias, o Manchester City, de Roberto Mancini, estabelecia o recorde de número de vitórias numa só época na Premier League. Curiosamente, terminando o campeonato em segundo lugar, mas com os mesmos pontos (89) e o mesmo número de vitórias (28) que o City, ficou o United de Sir Alex Ferguson.

Pois bem, sábado, frente ao seu mais antigo rival, o Manchester City poderá colocar um ponto final não só no recorde de vitórias, como poderá tornar-se no mais prematuro campeão que a Premier League terá visto em 26 anos de história.

Qual foi o clube mais rápido a sagrar-se campeão na Premier League?

Apesar da falta de competitividade deste ano, a Premier League é, por norma, das ligas mais equilibradas do mundo. E a maioria dos campeonatos, nos últimos vinte e cinco anos, foram disputados até à última jornada ou, no máximo, com uma ou duas jornadas por jogar. Porém, este ano, ao que tudo indica, não será o caso. Como tal, vamos aproveitar para recordar as equipas que se destacaram ao vencer o título de campeão.

 7 Campeões na última jornada

Blackburn Rovers 1994/95;

Manchester United 1995/96, 1998/99, 2007/08;

Chelsea 2009/10;

Manchester City 2011/12, 2013/14.

Blackburn campeão
O jogador inglês Alan Shearer e o presidente do BlackBurn, Jack Walker (à direita), celebram o título da Premier League, a 14 de maio de 1995, em Anfield Road, casa do Liverpool, na derrota por 2-1. créditos: AFP PHOTO / PA / JOHN GILES

4 Campeões na penúltima jornada

Arsenal 2001/02;

Manchester United 2002/03, 2008/09, 2010/11.

8 Campeões na antepenúltima jornada

Manchester United 1992/93, 1993/94, 1996/97, 2006/07;

Arsenal 1997/98;

Chelsea 2005/06, 2016/17;

Leicester City 2015/16.

2 Campeões com três jornadas por disputar

O Chelsea 2004/05 de José Mourinho e o Chelsea 2014/15, também de José Mourinho, foram as equipas que conseguiram vencer a Premier League ainda com três jogos por jogar.

3 Campeões com quatro jornadas por disputar

O Manchester United de 1999/00 e 2012/13 e o Arsenal de 2003/2004, também conhecidos por ‘Os Invencíveis’, foram as três equipas a conseguir tal feito.

1 Campeão com cinco jornadas por disputar

O Manchester United de 2000/2001 foi o clube que mais rapidamente se sagrou campeão em toda a história da Premier League. Liderados, claro está, por Sir Alex Ferguson, e com uma distância para o Arsenal de Arsène Wenger de dezasseis pontos — o suficiente para selar o campeonato a cinco jornadas do final da Premier League.

Conclusão: o United é o detentor do recorde. O que torna o dérbi ainda mais interessante porque a hipótese dos Citizens baterem um recorde pertencente aos Red Devils não surge todos os dias e por muito que os técnicos possam desvalorizar o feito, o orgulho dos adeptos, staff e jogadores, está em cima da mesa.

Que a bola comece a rolar.

Antevisão do dérbi

Desde o último embate entre City e United, a contar para o campeonato, que muita coisa mudou em ambas as equipas.

No United, uma contratação poderá não ter mudado a classificação da equipa, mas alterou, de alguma maneira, a sua forma de jogar. Alexis Sanchez foi contratado com o objectivo de ajudar e esta é uma oportunidade que o jogador tem, depois de ter tornado público o ser descontentamento com ele próprio e o seu desempenho desde a mudança para Manchester, de provar que pode fazer a diferença e elevar este United a outros patamares.

Aléxis Sanchez
O chileno não tem tido uma vida fácil desde que se transferiu para a turma de José Mourinho. créditos: FACUNDO ARRIZABALAGA/EPA

Relativamente ao Manchester City, apesar da contratação de Aymeric Laporte, a maior diferença é circunstancial. Depois da pesada derrota frente ao Liverpool para a Liga dos Campeões, na passada terça-feira, a 10 de Abril, é tempo de reagir. Todas as energias serão necessárias. Defrontar o Manchester United entre jogos tão importantes joga certamente a favor do United e este tudo fará para capitalizar no momento complicado que a equipa de Guardiola enfrenta.

Quer queiramos quer não, esta é, também ela, uma batalha entre treinadores. Visto que a história entre ambos não precisa de explicação, tratemos de olhar para a estatística. Em 20 encontros entre ambos, Guardiola é o treinador que mais derrotas infligiu a José Mourinho: um total de 9 vitórias a seu favor, sendo que o espanhol foi derrotado pelo português apenas por 4 vezes. Também para a história ficam os 7 empates que completam os números entre os treinadores, tal como os clubes que representam, arquirrivais.

O detalhe mais importante para o duelo poderá mesmo ser o fator casa. Estando o Manchester United a apenas 2 pontos do Manchester City (com um jogo a mais) na tabela de pontos em casa, o facto de o dérbi ser fora, para a equipa de Mourinho, poderá ser decisivo. Na tabela de jogos em casa, em que desta feita é o Manchester City que tem um jogo a mais, a diferença pontual é de 14 pontos, o que deixa expostas as dificuldade deste United fora de portas.

No entanto, a favor do United, joga a série de quatro vitórias seguidas — sendo que duas delas foram contra o Chelsea e Liverpool. Categóricas vitórias em que José Mourinho assumiu claramente a estratégia de levar o seu adversário a jogar o jogo que este queria. Ainda assim, a forma do City não se fica atrás e, para a liga, os Citizens chegam a jogo com cinco vitórias consecutivas.

Todavia, só no sábado saberemos se a recente derrota para a Liga dos campeões, ou o facto de o próximo jogo do City contra os Reds ser apenas passados três dias do dérbi, terá influência neste duelo que poderá, ou não, ficar para a história.

Esta semana na Premier League

Se o City Vs. United fecha o sábado de futebol, dia 7, pelas 17:30, o dérbi de Merseyside, do qual já tivemos oportunidade de falar numa crónica passada, abre a jornada no mesmo dia, pelas 12:30.

Mas como não só de dérbis vive a Premier League, será muito interessante perceber como jogam as suas últimas cartadas, para se manterem na liga, equipas como o Swansea de Carlos Carvalhal e o Southampton de Cédric Soares. Vencendo o WBA o Swansea pode dar um passo importantíssimo para a manutenção, enquanto o Southampton tem uma de duas jornadas extremamente complicadas já que visita o Arsenal, antes de receber o Chelsea. O impensável poderá estar para acontecer. Desde há quatro anos a esta parte que o Southampton é das equipa com melhor planeamento de temporada, já que, mesmo perdendo jogadores todas as épocas, consegue construir uma equipa competitiva e acabar consecutivamente nos oito primeiros classificados com relativa facilidade. Esta época tem sido tudo menos fácil, e os Saints poderão mesmo, caso não consigam pontos com caráter de urgência, descer de divisão.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.