O helvético, número sete mundial, surge pela primeira vez na lista de inscritos de um torneio ATP, desde que perdeu nos quartos de final do ATP 250 de Doha, no início de março, e anunciou a retirada temporária para treinar e ganhar maior ritmo competitivo.

Depois de uma ausência prolongada de 13 meses, na sequência de duas intervenções cirúrgicas ao joelho direito, Roger Federer, detentor de 20 títulos do ‘Grand Slam’, tentou o regresso em Doha e, tudo correndo como previsto, irá dar início à temporada de terra batida em Madrid.

O sérvio Novak Djokovic, número um mundial, vai defender o título conquistado na última edição do Open de Madrid, em 2019, e terá como um dos principais rivais o espanhol Rafael Nadal, o jogador com mais títulos alcançados na Caixa Mágica, em 2005, 2010, 2013, 2014 e 2017.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.