O número dois nacional falhou o acesso à segunda ronda de um ‘Grand Slam’ pela sétima vez, caindo diante do 49.º jogador mundial pelos parciais de 6-3, 6-2 e 7-5, em uma hora e 49 minutos.

Ainda não foi desta que o número dois nacional chegou à segunda ronda de um ‘Grand Slam’: depois das tentativas frustradas no Open da Austrália (2017), no Open dos Estados Unidos (2016), em Wimbledon (2013 e 2016) e também em duas edições anteriores do torneio parisiense (2014 e 2015), Elias voltou a cair à primeira.

O 108.º jogador mundial até começou melhor o terceiro ‘set’, conquistando o ‘break’ no segundo jogo, mas Edmund, que perdeu com João Domingues na primeira ronda do Estoril Open, mas que tinha derrotado João Sousa na primeira fase do Masters 1.000 de Roma, conseguiu o ‘contra-break’ no quinto jogo.

Na reta final do terceiro parcial, o britânico voltou a quebrar o serviço do tenista da Lourinhã, que viu o seu sonho de passar uma ronda cair na terra batida do ‘court’ 14 do complexo de Porte d'Auteuil.

Esta é a segunda derrota de Elias frente a Edmund, que no único encontro anterior entre ambos, na primeira ronda do Masters 1.000 de Indian Wells, venceu por 6-1 e 6-3.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.