O número um nacional e 70.º colocado do ‘ranking’ ATP foi surpreendido por Carreño Busta (57.º ATP), que não vencia um encontro desde janeiro, mas na terra batida do ‘major’ parisiense carimbou a passagem à segunda ronda, por 6-3, 6-1 e 6-2, em uma hora e 42 minutos.

Depois de ter ficado há um ano pela estreia, quando foi batido pelo argentino Guido Pella, João Sousa voltou a despedir-se de Roland Garros na primeira jornada, permitindo ao espanhol e antigo ‘top-10’ mundial assegurar a continuidade numa prova em que atingiu os quartos de final em 2017.

O próximo desafio de Carreño Busta é frente ao australiano Alex di Minaur, que derrotou o norte-americano Bradley Klahn, pelos parciais de 6-1, 6-4 e 6-4, em um hora e 42 minutos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.