"O número de espetadores admitidos no estádio será de entre os 50 e os 60% da capacidade habitual", indicou a FFT, assinalando que essa redução vai possibilitar que se respeitem as medidas de segurança sanitárias para evitar a propagação do novo coronavírus.

Os bilhetes, que serão colocados à venda em 16 de julho para o público em geral, vão permitir que 20.000 pessoas se desloquem a Roland Garros para assistir as primeiras rondas. O número de espetadores será limitado aos 10.000 para as finais.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.