Segundo registos obtidos pela emissora ABC em Washington e pelo portal The Athletic (acesso restrito a assinantes), Rooney foi detido no condado de Loudon, na Virgínia, no dia 16 de dezembro por dizer palavrões e estar sob efeito de álcool em público.

Como se tratou de um delito menor, acabou libertado. No entanto, foi obrigado a pagar na última sexta-feira, dia 4 de janeiro, uma multa de 25 dólares (aproximadamente 22 euros) mais custos judiciais no valor de 91 dólares (aproximadamente 80 euros).

O ex-internacional inglês foi detido no aeroporto internacional de Dulles, no estado da Virgínia, perto de Washington.

Esta não é, contudo, a primeira vez que a antiga glória teve problemas com o álcool e as autoridades. Em Inglaterra, Rooney ficou sem carta de condução após ser sido detido por conduzir intoxicado em setembro de 2017.

O avançado de 33 anos chegou aos Estados Unidos em julho do ano passado, quando assinou pelos DC United e ajudou a equipa da capital norte-americana a garantir um lugar nos playoffs da MLS.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.