“Quando acontece algo desse género, o jogo passa para segundo plano. Estamos completamente indignados. Sei bem da paixão que existe aqui em Guimarães pelo clube, mas sei que a maior parte dos adeptos não se revê naquilo que sucedeu com um pequeno grupo de adeptos a insultar o Marega desde o aquecimento. Nós somos uma família, independentemente da nacionalidade, altura, cor do cabelo, cor da pele. Somos humanos, merecemos respeito e o que se passou hoje aqui foi lamentável”, afirmou Sérgio Conceição em declarações à Sport TV.

Em Guimarães, em jogo da 21.ª jornada, numa altura em os ‘dragões' já venciam por 2-1 (resultado final), o jogador maliano saiu do relvado, enquanto os colegas o tentavam demover. Mas, Marega estava irredutível na decisão, apontando para as bancadas e apontando o polegar para baixo.

Sérgio Conceição falou com o jogador, já fora das quatro linhas, e logo de seguida ordenou a substituição.

O jogo esteve parado cerca cinco minutos e nas bancadas só se ouviam insultos para o jogador portista que marcou o segundo golo dos ‘dragões’ e que jogou no Vitória de Guimarães.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.