Centenas de pessoas deslocaram-se ao estádio Riayat Al Shabab, no bairro de Al Suleimaniya, na zona oeste da cidade, para assistir ao encontro que terminou com a vitória do Al Ittihad por 1-0.

O regresso do futebol a Alepo acontece pouco mais de um mês depois das forças governamentais terem retomado o controlo total da cidade, pondo fim a mais de quatro anos de combates.

O encontro extravasou o âmbito do futebol, tornando-se num momento único para os habitantes da cidade, cuja zona leste, último reduto dos rebeldes, foi totalmente evacuada de civis.

“Nem sequer sou adepta de futebol. A verdade é que nunca vejo nada de desporto. Só quero ver pessoas felizes a assistiram a algo que gostam, sem medo de morteiros e ‘rockets’. Quero ver gente a rir!”, disse uma jovem de 22 anos à agência noticiosa espanhola EFE.

Anas Hayek, adepto do Al Ittihad, disse, também à EFE, que antecipou o regresso a Alepo para poder ver o jogo.

“Ia regressar dentro de uma semana, mas quando soube do jogo decidi voltar mais cedo e aqui estou com os meus filhos, que assistiram ao vivo ao primeiro jogo das suas vidas”, referiu.

A 29 de dezembro passado, o regime sírio e as forças rebeldes, assinaram um cessar-fogo e acordaram começar negociações de paz, no seguimento de conversações mediadas pela Rússia e pela Turquia.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.