De acordo com o comunicado do CD, o Sporting de Braga foi condenado ao pagamento de 8.569 euros, por falta de colaboração com a justiça desportiva, e a realizar um jogo à porta fechada e a uma multa de 10.710 euros, por incumprimento de deveres de organização sistema de videovigilância.

Segundo o Regulamento Disciplinar da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), os clubes têm de colaborar com a justiça desportiva (Artigo 86.º A), facultando à Comissão de Instrutores, no prazo de dois dias, cópia das imagens do sistema de videovigilância do estádio, sendo este um dos deveres de organização dos jogos (Artigo 87.º A).

As multas previstas são agravadas em caso de reincidência.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.