“O Sporting Clube de Portugal vem por este meio comunicar que em virtude das notícias hoje vindas a público sobre o diretor-geral das modalidades, Miguel Albuquerque, o seu contrato de trabalho encontra-se suspenso com efeitos imediatos”, lê-se no comunicado dos ‘leões’.

Na sua edição de hoje, o Correio da Manhã dá conta da condenação, no ano passado, de Miguel Albuquerque a dois anos de e dois meses de prisão, com pena suspensa, por violência física e psicológica para com a ex-mulher, também funcionária do Sporting.

Miguel Albuquerque chegou ao clube lisboeta em 2000/01, então para o gabinete técnico de futsal, tendo, depois, assumido os cargos de diretor-geral de futsal, a partir de 2011/12, e das modalidades, desde setembro de 2018.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.