O ugandês Jacob Kimplimo, dos italianos do Casone Noceto, foi o primeiro a cruzar a meta, no final dos 9.730 metros, em 29.00 minutos, menos um segundo do que o vencedor do ano passado, o queniano Davis Kiplangat (Sporting), segundo classificado.

Robel Fsiha (Sparvagens) terminou no terceiro posto, a 50 segundos de Kimplimo.

O trabalho de equipa de Ayad Lamdassem, quinto classificado, Yago Rojo, sétimo, Javier García, 11.º, e Rocardo Rosado, 20.º, asseguraram a vitória da formação de Madrid.

O Sporting, que procurava o 16.º título, depois da vitória em 2018, em Mira, e dos triunfos entre 1977 e 1994, não foi além do terceiro lugar na classificação, atrás do Bikila, que não vencia a prova desde 2014, e dos italianos do Casone Noceto, que somaram 52 pontos.

Além de Kiplangat, pontuaram para o Sporting Licínio Pimentel, com o 15.º lugar a 1.36 minutos, Rui Teixeira, 25.º a 2.01, e Miguel Marques, 27.º a 2.09. Seguiram-se Alberto Paulo, 29.º a 2.14 e Rui Pedro Silva, 58.º 3.23 minutos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.