O número 1 português e primeiro cabeça de série do ‘qualifying’ venceu em três ‘sets’, pelos parciais de 6-3, 1-6 e 7-6 (7-5), em duas horas e oito minutos, sendo que no terceiro parcial esteve a perder por 5-4 e 40-15, no serviço de Karlovskiy.

Para aceder ao quadro principal, João Sousa precisa de vencer o italiano Thomas Fabbiano, 182.º jogador mundial.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.