O confronto direto entre os dois tenistas já pendia para o lado de Djokovic e, hoje, o sétimo jogador mundial voltou a impor-se a Cilic, por 6-3 e 6-4, em uma hora e 35 minutos, para somar a 19.ª vitória em 21 duelos com o croata.

Naquele que foi o seu primeiro torneio no circuito ATP desde que, em Wimbledon, no início de julho, conquistou o 21.º título do ‘Grand Slam’, o sérvio esteve imparável, sagrando-se campeão na cidade israelita sem ceder um único ‘set’.

‘Djoko’, que falhou a ‘temporada’ norte-americana, incluindo o Open dos Estados Unidos, por continuar a recusar vacinar-se contra a covid-19, somou o terceiro título da temporada, depois das vitórias no Masters 1.000 de Roma e na relva do All England Club.

Atual sétimo classificado no ranking ATP, o recordista de semanas como número um mundial (373) celebrou o 89.º título da carreira, diante de um Cilic (16.º) que procurava o primeiro troféu da temporada.

O sérvio tinha voltado aos ‘courts’ na semana passada, na Laver Cup, na derrota da Europa sobre a seleção do resto do mundo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.