O vimaranense, 62.º da hierarquia, superou o jovem canadiano, de apenas 19 anos, por 6-4, 6-7 (5-7) e 6-4, num embate de duas horas e 11 minutos em que esteve muito bem no serviço, não enfrentando um único ponto de ‘break’.

João Sousa, que na última semana chegou às meias-finais em São Petersburgo, quebrou duas vezes o serviço a Auger-Aliassime, no terceiro jogo do primeiro ‘set’ e no 10.º do terceiro, depois de 26 jogos de serviço, entre os dois, sem pontos de ‘break’.

Desta forma, o jogador português, ao aproveitar ‘cirurgicamente’ dois de seis pontos de ‘break’, afastou da prova um jogador que este ano foi finalista vencido nos torneios de Estugarda, Lyon e Rio de Janeiro.

Nos quartos de final, o número 1 nacional vai medir forças com o sul-africano Lloyd Harris, 111.º jogador mundial, que superou o sérvio Dusan Lajovic, 29.º, por um duplo 6-3. Será o primeiro embate entre os dois jogadores.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.