“É confortante estarmos nesta fase na liderança, mas também sabemos que não é a meio do campeonato que se ganham títulos. Por isso, é importante não ceder pontos aos adversários e para isso é preciso muito trabalho e foco. O objetivo para esta jornada é consolidar a posição e isso só se consegue com bons resultados", disse o piloto da Honda, de 40 anos, que irá enfrentar a primeira corrida da segunda metade da temporada apenas a quatro pontos do segundo classificado, Thed Bjork (Volvo).

Tiago Monteiro, que teve sempre prestações positivas na passagem do WTCC pelo autódromo das Termas do Rio Hondo, assumiu o favoritismo da sua equipa na jornada e afirmou que a confiança se encontra “em níveis elevados”.

Contudo, o português frisou ainda que o favoritismo “não basta” e é preciso impor-se na pista.

A sexta etapa do WTCC ocorre na Argentina, em Termas do Rio Hondo, entre 14 e 16 de julho, e é a primeira do campeonato depois da ronda europeia, onde, em Portugal, Tiago Monteiro conseguiu duplo pódio e assumiu a liderança do campeonato.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.