Os dois irmãos, a fazer a estreia em Jogos Olímpicos, conseguiram compensar na segunda regata um arranque menos positivo, numa classe a que chegam enquanto vice-campeões do mundo.

Os lusos somam 23 pontos, a 12 das medalhas e a 16 dos líderes da prova, Matthew Belcher e Will Ryan, da Austrália. Os angolanos Matias Montinho e Paixão Afonso são 19.º e últimos.

Numa classe que, depois dos Jogos, passará a ser mista, obrigando à separação das duplas aqui em prova, disputam-se quinta-feira mais duas regatas, em Zushi.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.