“O jogo com o Moreirense tem sido bem recordado esta semana [derrota por 3-0 na segunda ronda]. Se voltarmos a entrar em ‘bicos de pés’, não foi por falta de aviso. A nossa equipa ainda tem pouca raiz e a qualquer momento pode soltar. No plano individual, não somos os melhores, mas coletivamente podemos ser muito mais fortes”, analisou o técnico, na conferência de antevisão ao duelo, no Estádio Cidade de Barcelos.

Em plena série de três vitórias consecutivas no campeonato, intercalada com a eliminação das duas taças nacionais, os minhotos escorregaram em Moreira de Cónegos logo após terem derrotado o FC Porto (2-1), na jornada inaugural, situação que Vítor Oliveira quer evitar na ressaca do triunfo caseiro sobre o Sporting (3-1).

“Há sempre o perigo de isso acontecer, mas só por burrice poderíamos cometer um erro semelhante. Esta onda de vitórias dá ânimo e confiança aos jogadores para exteriorizarem melhor as suas capacidades e, frente ao Sporting, tivemos uma resposta que foi muito satisfatória. Queremos manter estes resultados, que facilitam o nosso trabalho”, assumiu.

Vítor Oliveira elogiou o Rio Ave, uma “belíssima equipa, com processos bem trabalhados e um pouco aquém em termos pontuais”, que só será ultrapassada com um Gil Vicente “ao melhor nível” e a procurar “discutir o jogo”.

“Em casa, somos muito mais fortes, mas ganhar fora é agradável e nem sempre conseguimos isso. Queremos pontuar mais vezes fora e manter uma média pontual equilibrada, que nos permita andar no meio da tabela. Mas, se continuarmos assim, estamos no bom caminho”, vaticinou.

Os dois emblemas encontraram-se na foz do Ave para o campeonato por nove ocasiões, originando quatro triunfos vila-condenses, três vitórias minhotas e duas igualdades.

O Gil Vicente, oitavo colocado, com 16 pontos, visita o Rio Ave, na nona posição, com 15, na segunda-feira, às 20:15, no Estádio do Rio Ave FC, em Vila do Conde.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.