A primeira parte do jogo mostrou a diferença em campo que também existe no escalão de futebol. O Vitória de Guimarães, da I Liga, mostrou superioridade sobre o clube da Liga 3, o Oliveira do Hospital.

O marcador foi inaugurado aos 17 minutos, num lance em que Marcus Edwards surgiu solto ao segundo poste e limitou-se a deviar a bola para o fundo da baliza à guarda de Nando Pedrosa.

Aos 29 minutos, o Vitória de Guimarães falhou uma grande penalidade marcada por Bruno Duarte e que Nando Pedrosa conseguiu segurar junto ao seu poste esquerdo.

No último minuto da primeira parte o Oliveira do Hospital desperdiçou uma boa oportunidade de igualar o marcador, com Regis N’do a não conseguir desviar a bola para a baliza que Bruno Varela tinha deixado desprotegida.

Na segunda parte, o Oliveira do Hospital conseguiu equilibrar mais o jogo e criar mais situações de perigo, mas a barreira defensiva do Vitória de Guimarães bloqueou constantemente os avanços.

Um remate do recém-entrado em jogo João Pais, aos 86 minutos, por cima da barra provocou maior dinâmica e velocidade na sua equipa e, nos últimos 10 minutos, o Oliveira do Hospital não saiu da grande área do adversário, com remates constantes, mas sem sucesso.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.