Depois de vencer na quarta etapa, o italiano de 28 anos cumpriu os 164,8 quilómetros do dia ao fim de 3:34.56 horas, batendo ao ‘sprint’ o companheiro de fuga, o espanhol José Joaquín Rojas (Movistar), que terminou a um segundo, com Jaime Roson (Caja Rural-Seguros RGA) a fechar o pódio, a 19 segundos.

O irlandês Nicolas Roche (BMC), terceiro da geral, ganhou 29 segundos aos dois da frente e igualou o colombiano Johan Esteban Chaves (Orica-Scott) na perseguição a Froome, ficando ambos com um atraso de 36 segundos para o camisola vermelha, na véspera da ligação entre Lorca e o Observatório Astronómico de Calar Alto, de 187,5 quilómetros, com duas subidas de primeira categoria, a última a coincidir com a meta.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.