A empresa de telecomunicações pretende com esta decisão promover uma maior harmonia entre a vida profissional e a vida familiar, refere em comunicado enviado às redações.

“A Altice Portugal dá mais um passo na concretização do seu compromisso com os princípios inerentes à Igualdade de Género e ao desenvolvimento de práticas familiarmente responsáveis, de benefícios sociais e de apoio aos colaboradores, que considera determinantes para a promoção de uma maior harmonia no exercício das funções profissionais e o tão importante acompanhamento da família em momentos decisivos”.

No passado dia 13 de junho foi aprovado o decreto-lei que permite aos trabalhadores da Administração Pública faltarem justificadamente para acompanhamento de menor de 12 anos no primeiro dia do ano letivo.

A medida, integrada no “programa 3 em linha”, foi justificada pela ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Mariana Vieira da Silva, como uma forma de “melhor equilíbrio entre a vida pessoal e profissional” e de “melhorar o índice de bem-estar dos trabalhadores”.

Essa falta é considerada justificada, ainda de acordo com o executivo.

A medida aplica-se a todos os trabalhadores da administração pública central, regional e local, com vínculo de emprego público.

"O programa para a conciliação da vida profissional, pessoal e familiar representa um esforço conjunto do Governo, de empresas públicas e privadas, e de entidades da Administração Pública central e local, no sentido de incentivar práticas que favoreçam um melhor balanço vida-trabalho e promovam uma maior igualdade entre mulheres e homens", pode ler-se em comunicado divulgado pelo Conselho de Ministros.

 (O SAPO24 é a marca de informação do Portal SAPO, detido pela MEO - Serviços de Comunicações e Multimédia, S.A., propriedade da Altice Portugal)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.