“O novo pré-acordo laboral garante um aumento mínimo de 30 euros já este ano e a manutenção do prémio anual por objetivos, que abrange a maioria dos trabalhadores da fábrica de Palmela e que nos últimos dois anos foi de cerca de 1.400 euros”, disse o coordenador da comissão de Trabalhadores (CT) da fábrica de automóveis da Autoeuropa, Rogério Nogueira, à agência Lusa.

O representante dos trabalhadores lembrou que no anterior pré-acordo, que foi rejeitado pelos trabalhadores no dia 25 de fevereiro, o aumento mínimo para 2022 era de apenas 25 euros e que, em vez do prémio por objetivos, os trabalhadores teriam direito a um total de 44 `down-days´ (dias de não produção, mas que são pagos na íntegra), em vez dos 22 `down-days´ que já tinham anteriormente, e que se vão manter no novo pré-acordo laboral.

Questionado pela agência Lusa, o coordenador da CT da Autoeuropa afirmou-se convicto de que este novo pré-acordo será viabilizado pela maioria dos cerca de 5.000 trabalhadores da fábrica do grupo alemão Volkswagen, em Palmela, no distrito de Setúbal.

"Estas negociações foram realizadas num contexto completamente adverso e de instabilidade, a pandemia, a crise dos semicondutores e agora com a questão da guerra da Ucrânia que está a afetar imensas fábricas da Volkswagen”, disse Rogério Nogueira.

“Conseguimos, neste novo pré-acordo, não só pressionar a empresa para que desistisse de retirar o prémio de objetivos aos trabalhadores, como também melhorámos noutros aspetos, como é o caso das pausas para 10 minutos, dias especiais e os pagamentos dos prémios de fim de semana como direitos adquiridos que não necessitam de negociação em acordos futuros.

Estamos em condições de alcançar um acordo que melhore as nossas condições laborais e salariais nos próximos dois anos”, acrescentou o coordenador da CT da Autoeuropa.

O novo pré-acordo laboral da Autoeuropa vai ser apreciado e discutido pelos trabalhadores em reuniões plenárias quinta e sexta-feira. A votação está marcada para terça e quarta-feira da próxima semana, dias 29 e 30 de março.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.