Em março, o presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, comunicou à Assembleia Legislativa a nomeação de Paulo Menezes para a presidência do Conselho de Administração da SATA.

Segundo uma nota do gabinete de imprensa do executivo açoriano, João Nunes é licenciado em Economia pelo Instituto Superior de Economia e detentor do grau equivalente ao MBA em Gestão de Recursos Humanos pela Business School - Middlesex University London.

Foi consultor de empresas, responsável pela Direção do Departamento de Recursos Humanos da Portugal Telecom dos Açores e pela Divisão dos Recursos Humanos e Administrativos da Direção de Coordenação de Correios e Telecomunicações dos Açores.

Maria Albergaria, que foi responsável na região pelo departamento dos Açores da Caixa Económica Montepio Geral, é licenciada em Economia pela Universidade Nova de Lisboa e possui uma pós-graduação em Gestão, tendo desempenhado funções de Diretora Geral da Agência para a Promoção do Investimento dos Açores (APIA).

O grupo SATA tem neste momento cerca de 1.400 trabalhadores concentrados nas operadoras SATA Air Açores e Azores Airlines, tendo fechado o ano económico de 2016 com um resultado negativo de 1,7 milhões de euros face aos 8,8 milhões negativos de 2015, sem contabilizar os impostos.

De acordo com as contas da SATA, esta melhoria “decorreu essencialmente do forte crescimento do número de passageiros” em 16%, do número de voos em 14% e, consequentemente, das receitas operacionais em 13%, as quais atingiram 202 milhões de euros em 2016.

A SATA está entretanto a trabalhar com a banca, desde o último trimestre de 2016, visando alcançar um plano de refinanciamento para o grupo.

A SATA foi confrontada em 01 e 02 de junho com uma greve dos tripulantes de cabine convocada pelo Sindicato Nacional do Pessoal de Voo e Aviação Civil, um mês depois de uma outra paralisação promovida pela mesma estrutura sindical, estando neste momento num impasse as negociações entre ambas as partes.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.