A agência de notação financeira manteve hoje a nota de Portugal em BBB-, a nota mínima do escalão de investimento, com perspetiva estável.

“O Governo prosseguirá políticas que garantam um modelo económico sólido, alicerçado na implementação do Programa Nacional de Reformas, na gestão equilibrada das contas públicas e na promoção de um crescimento sustentável e inclusivo”, reagiu o Ministério de Mário Centeno, em comunicado enviado à agência Lusa.

No seu texto, o Ministério das Finanças salientou que “a decisão da S&P ocorreu depois de serem conhecidos os resultados económicos que Portugal alcançou no ano transato, incluindo o maior crescimento real da economia desde o início do século, o défice mais baixo da democracia e a maior redução da dívida pública em 20 anos”.

Mais recentemente, acrescentou o Ministério, “estes resultados também se refletiram na retirada do país da lista de Estados-membros da União Europeia em desequilíbrios macroeconómicos excessivos”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.