Em comunicado a empresa, citada pela agência EFE, indicou que os serviços mínimos estão a ser cumpridos e que já foram realizados 167 voos.

Pelas 08:30 (menos uma hora em Lisboa), a adesão fixava-se em 18,06% no aeroporto de Barajas e em 12,37% em El Prat.

Por sua vez, em Madrid, desde a primeira hora da manhã, registaram-se 26 saídas e 45 chegadas, enquanto em Barcelona, onde também decorre uma paralisação dos vigilantes de segurança, por tempo indefinido, contabilizaram-se 96 voos, com 53 saídas e 43 chegadas.

A greve dos trabalhadores de terra da Iberia decorre após mais de 40 reuniões sobre o acordo coletivo de trabalho da empresa.

Na sexta-feira, o jornal El Pais indicou que a companhia ‘low cost’ Vueling cancelou 92 voos e a Iberia 102.

Os sindicatos têm criticado os serviços mínimos definidos pelo Governo de 53% nos voos internacionais e nacionais com alternativa de mais de cinco horas, 32% nos que se realizem em Espanha continental e que tenham uma alternativa de transporte inferior a cinco horas e de 100% nos voos domésticos para as ilhas espanholas de Canárias e Baleares.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.